Piris da Motta - GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO
Piris da MottaGILVAN DE SOUZA / FLAMENGO
Por ASSINATURA REPÓRTER

Rio - Num domingo de manhã com um Maracanã lotado mais de 50 mil torcedores estarão presentes , o Flamengo recebe o Ceará, neste domingo, às 11h, tentando subir à vice-liderança na tabela do Campeonato Brasileiro. Na terceira posição, com 41 pontos, o Rubro-Negro tem um a menos do que o Internacional, que encara o Cruzeiro, às 19h, no Mineirão, e quatro a menos do que o São Paulo, que joga com o Fluminense, às 16h, no Morumbi.

Nem a eliminação no meio da semana passada na Libertadores da América diante do Cruzeiro esfriou os ânimos da torcida rubro-negra, que fez filas para a compra de ingressos. Ontem pela manhã, havia torcedores na Gávea para levar as últimas entradas para a partida no Maracanã.

Rival de hoje, o Ceará é o vice-lanterna da competição nacional, com 17 pontos, e só saiu da zona de rebaixamento em uma única rodada até aqui. Mas o Flamengo não quer cair na armadilha de esperar uma partida fácil.

"O Ceará fez um grande jogo contra o São Paulo (perdeu por 1 a 0, no Morumbi). O Brasileiro sempre nos mostra que devemos respeitar os adversários. A melhor forma de seguir na briga pelo título é sempre encarar o próximo jogo como o mais importante. Vamos com força total para buscar a vitória de todas as formas", destacou Diego.

DOIS DESFALQUES

O técnico Mauricio Barbieri terá o desfalque do volante colombiano Cuéllar, que cumprirá suspensão, após ter sido expulso no último jogo, no empate em 2 a 2 com o América-MG, no Independência. Depois da rodada deste fim de semana, tanto Cuéllar quanto Lucas Paquetá estarão com suas seleções. Léo Duarte também está suspenso para a partida de hoje no Maracanã, após ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Fora da Libertadores da América, o Flamengo tem as suas atenções voltadas para a disputa dos títulos do Brasileiro e da Copa do Brasil, na qual enfrenta o Corinthians no dia 12, também no Maraca, na partida de ida das semifinais. O jogo de volta será no dia 26, no Itaquerão. A outra vaga na decisão do torneio nacional será decidida entre Cruzeiro e Palmeiras.

 

Você pode gostar
Comentários