Barbieri elogia atuação do Flamengo e foca no título: 'Ficamos na briga pelo Brasileiro'

Comandante revelou conversa com o grupo para 'continuar acreditando' e minimizou pressão no cargo. Rubro-negro bateu a Chapecoense por 2 a 0

Por O Dia

Mauricio Barbieri afirma que Flamengo segue na briga pelo título do Brasileirão
Mauricio Barbieri afirma que Flamengo segue na briga pelo título do Brasileirão -

Rio - A vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense trouxe mais tranquilidade ao Flamengo, em especial, para o técnico Mauricio Barbieri, que vinha sendo cobrado pelos resultados ruins do time. Em entrevista coletiva após a partida, realizada neste sábado, no Maracanã, o treinador elogiou a equipe, que coma vitória se manteve no G-4, e afirma que o clube segue em busca do título do Brasileirão.

"Não vínhamos de desempenho ruim, mas de resultados ruins. Ficamos na briga pelo Brasileiro. (...) A gente vinha de três jogos sem vencer no torneio, mas venceu o Cruzeiro na eliminação da Libertadores. A conversa que nós tivemos era para continuar acreditando", revelou o técnico do Rubro-Negro.

Ao ser perguntado sobre a pressão que vinha sofrendo nos últimos dias, o comandante minimizou o assunto e se mostrou firme ao comentar os pedidos de demissão por parte de diretoria e torcida.

"Esta questão da pressão vejo de maneira singular. A minha maneira de fazer as coisas do jeito correto, minha determinação em buscar soluções é muito maior do que qualquer tipo de pressão externa. Sinto que o grupo pensa igual", afirmou.

O treinador aproveitou para criticar a CBF sobre a decisão de não alterar as datas das semifinais da Copa do Brasil, contra o Corinthians. O Rubro-Negro terá de fretar um avião para contar com Cuéllar e Lucas Paquetá, que defendem Colômbia e Brasil, respectivamente.

"Gostaria que alguém pudesse me explicar por que que a CBF diz que não pode alterar data do jogo do dia 12 por que vai prejudicar o torcedor e por isso e por aquilo, e altera um bando de datas no decorrer do ano? (...) Constantemente passa jogo de domingo para sábado e não avisa ninguém. Nessa hora o torcedor não tem peso, não tem valor? Na hora que precisa dela (CBF) para tomar atitude condizente com o campeonato que ela promove, que ela deveria prezar o campeonato e valorizar, possibilitando que as equipes possam usar o que tem de melhor, ela (CBF) está sendo contraditória e incoerente", desabafou.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 44 pontos no Campeonato Brasileiro. O próximo desafio da equipe na competição será contra o clássico contra o Vasco, no sábado, às 19h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Antes, na quarta-feira, o Rubro-Negro encara o Corinthians, no Maracanã, às 21h45, no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil.