Diego Alves era convocado com frequência para a Seleção quando atuava na Espanha - Lucas Figueiredo / MoWA Press
Diego Alves era convocado com frequência para a Seleção quando atuava na EspanhaLucas Figueiredo / MoWA Press
Por O Dia

Rio - A polêmica envolvendo Diego Alves e o Flamengo já dura 3 semanas. O goleiro, que vinha sendo unanimidade no gol rubro-negro, está treinando separado devido a polêmica recente de não ter aceitado a reserva quando voltava de lesão e parece que não foi a primeira vez que isso aconteceu na carreira do jogador.

Diego se recusou a viajar para ficar na reserva de César, diante do Paraná. Dorival e o jogador discutiram na frente do elenco e desde então o goleiro vem treinando separado do grupo. Chama atenção a semelhança de um episódio vivido pelo atleta quando defendia o Valencia, em 2013, ao perder o posto de titular para Vicente Guaita. 

Na ocasião, Diego Alves se revoltou ao ficar na reserva e perder o grande duelo contra o Real Madrid. Nico Estevez, treinador do Valencia na época, também discutiu com o goleiro e a imprensa local noticiou que ele teve que ser contido pelos companheiros durante a confusão. 

Diego foi multado pelo clube espanhol e iniciou um desgaste profundo ao ficar treinando separadamente por um tempo. O Flamengo não comenta oficialmente e continua afirmando de que se trata de um 'assunto interno'.

 

Você pode gostar