Vitor Isaías - Reprodução Facebook
Vitor IsaíasReprodução Facebook
Por O Dia

Rio - Revelado pelo Flamengo na década de 1990, Sávio também era empresário de Vitor Isaías, de 15 anos, uma das vítimas fatais. O ex-atacante, que chegou à base com 14 anos e viveu cinco anos na concentração, foi quem levou a jovem aposta para o clube. Ele estava arrasado.

“Não existem palavras para descrever a dor desse momento. Sou ‘filho’ da base desse clube que amo. Foram cinco anos vivendo na concentração, sonhando com um futuro melhor para minha família, como estes meninos sonhavam. Vitinho, descanse em paz, meu amigo! Jamais esqueceremos seu jeito brincalhão, seu sorriso fácil, sua batalha, sua amizade!”, escreveu o ex-jogador em nota.

Outra revelação rubro-negra, o meia Renato Augusto, do Beijing Guoan e da Seleção, relembrou os momentos que viveu no Ninho do Urubu.

“O lugar onde meu sonho se tornou realidade, hoje interrompeu o sonho de muitos... Triste demais. Muita força para familiares e amigos!”, declarou o atleta.

Você pode gostar
Comentários