Abel explica Diego barrado e quer Flamengo ligado na volta: 'Não conquistamos nada'

Treinador exaltou a boa vantagem, mas garantiu que nada está definido

Por HUGO PERRUSO

O técnico Abel Braga
O técnico Abel Braga -

Rio - Com o 2 a 0 deste domingo sobre o Vasco, no Nilton Santos, o Flamengo deu um grande passo em busca do título Carioca, mas Abel Braga prefere manter os pés no chão. O treinador já viveu situação parecida em 2012, quando comandava o Fluminense e venceu o Botafogo por 4 a 1 na ida e foi campeão com outro triunfo (1 a 0) na volta.

"Vitória traz confiança. Alertei meus jogadores, não conquistamos nada. Liquidado não está. Um gol aos 15 minutos pode incendiar o jogo", afirmou o treinador, que explicou a mudança na equipe titular, com Arrascaeta no lugar de Diego.

"O que fez o Arrascaeta entrar? Vem num momento bom e se adaptou melhor. No Cruzeiro demorou dois anos para assumir a titularidade. Ele não entrou porque o Diego estava mal, mas porque jogou muito na quinta e vem treinando muito bem".

O uruguaio foi um dos destaques da final, com participação decisiva no segundo gol de Bruno Henrique, ao roubar a bola de Danilo Barcelos. "Estava esperando ele dar o tapa para tentar sair na frente dele e pegar a bola. Foi o que felizmente aconteceu e saiu o gol. A sensação é de dever cumprido, mas ainda tem 90 minutos", completou Arrascaeta.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários