Viciado em trabalho, Jorge Jesus não é chegados às badalações na Cidade Maravilhosa  - Alexandre Vidal/ Flamengo
Viciado em trabalho, Jorge Jesus não é chegados às badalações na Cidade Maravilhosa Alexandre Vidal/ Flamengo
Por Lance
Rio - Ao ser apresentado no Ninho do Urubu, há um mês, Jorge Jesus já demonstrava preocupação com o gramado sintético da Arena da Baixada, palco da estreia do treinador no comando do Flamengo nesta quarta-feira. A equipe, contudo, encerra a preparação para o confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil nesta manhã sem qualquer atividade realizada em campo sintético. A possibilidade foi considerada pelo departamento de futebol, mas houve o entendimento de que não seria necessário, uma vez que o Flamengo já atuou no estádio.
Também não está previsto reconhecimento do gramado da Arena.- A realidade é essa, jogar em um campo sintético. Poucos treinadores no mundo têm essa experiência. Já tive um jogo de Champions na Rússia, é completamente diferente. Temos que nos adaptar. Talvez fazer algum treino, mas temos que levar em consideração que trocar a grama para o sintético pode gerar lesões - afirmou Jorge Jesus, em sua apresentação no CT, em 10 de junho.
Publicidade
O Flamengo embarca para Curitiba após o treino da manhã desta terça-feira. O técnico português está trabalhando com os jogadores desde o dia 20 de junho no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu e, com o retorno de Trauco, vice-campeão da Copa América, todos jogadores estão à disposição de Jorge Jesus.No total, serão cinco dias de trabalho em período integral (treinos de manhã e de tarde), outros 11 dias de trabalho em período único, um jogo-treino e três dias de folga desde a chegada de Jorge Jesus ao Rubro-Negro antes da partida contra o Athletico, nesta quarta. A bola rolará na Arena da Baixada às 21h30.