Flamengo de Jorge Jesus começa a medir forças hoje com o Grêmio de Renato Gaúcho - Alexandre Vidal / Flamengo
Flamengo de Jorge Jesus começa a medir forças hoje com o Grêmio de Renato GaúchoAlexandre Vidal / Flamengo
Por O Dia

DIEGO ALVES: Fez grandes defesas e salvou o Flamengo de uma derrota, principalmente no primeiro tempo. Correu risco de ser expulso ao segurar a bola fora da área. NOTA 7,5

RODINEI: Foi uma avenida no primeiro tempo, mas corrigiu o posicionamento na etapa final. Pouco apoiou. NOTA 5,5

LÉO DUARTE: Passou sufoco com a pressão nas saídas de bola e com os lançamentos nas suas costas. NOTA 5

RODRIGO CAIO: Foi veloz nas recuperações e fundamental para as saídas de bola. NOTA 7,5

RENÊ: Mais seguro que Rodinei. Foi esperto ao cobrar rápido o lateral que resultou no gol de empate e ainda fez ótimo lançamento para Gabigol. NOTA 7

CUÉLLAR: Pareceu perdido novo esquema tático e fez uma de suas piores partidas no ano. NOTA 5

EVERTON RIBEIRO: Arriscou jogadas individuais e ajudou na defesa. Fez muito mais que Vitinho no pouco tempo que teve. NOTA 6,5

WILLIAN ARÃO: Também demorou para ajustar seu posicionamento na defesa. Errou o cabeceio no lance do gol do Athletico. NOTA 5,5

VITINHO: Produziu pouco até ser substituído e foi desatento no auxílio a Rodinei. NOTA 5

DIEGO: Entrou no segundo tempo e foi discreto. NOTA 6

ARRASCAETA: Jogador mais criativo do time, foi o único que arriscou jogadas diferentes. Deixou Gabriel na cara do gol. NOTA 7

GABIGOL: Não estava em noite inspirada e, ainda assim, foi oportunista para marcar o gol de empate. Desperdiçou muitas chances. NOTA 6

BRUNO HENRIQUE: Teve espaço para avançar em velocidade, mas não aproveitou as chances. NOTA 5

PIRIS DA MOTTA: Entrou para fechar o meio de campo e não comprometeu. NOTA 5,5

Você pode gostar
Comentários