Jorge Jesus explica gesto após a vitória: 'Flamengo, I love you'

Rubro-negro venceu mais uma no Brasileiro

Por Lance

Jorge Jesus
Jorge Jesus -
Rio - Após Gabigol na partida passada ter comemorado o gol fazendo na Língua Brasileira de Sinais (Libras) a frase "hoje tem gol de Gabigol", foi a vez do técnico Jorge Jesus comemorar a vitória do Flamengo homenageando os torcedores surdos-mudos. Após derrotar o Internacional na noite desta quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador fez em libras o gesto "Flamengo, I love you" (eu te amo, em português), explicando a homenagem.

"Quis homenagear os surdos-mudos. Me ensinaram alguns gestos e ensinaram Flamengo, como um todo, "I love you"", afirmou o treinador em conversa com os jornalistas, antes de completar comentando sobre a partida:

"Jogamos com o objetivo de ganhar, seja contra quem for. Conseguimos a oitava seguida. O Flamengo ainda tem muito a crescer, estou há apenas três meses e pouco. Podemos melhorar. Apesar deste ciclo agora não haver muito tempo para trabalhar variantes. Agora é mais recuperar. No segundo tempo, tirando o Arão, que foi uma opção tática, já fiz substituições para dar descanso ao Arrascaeta e Gabigol. Ainda falta muito campeonato até a decisão final e há várias equipes atrás de nós que querem tirar nossa posição. Vamos tentar defender com qualidade, experiência e capacidade emocional".

Com o resultado, o Flamengo seguiu na liderança do Campeonato Brasileiro, com 48 pontos.

Os comandados de Jorge Jesus voltam a campo no sábado, quando recebem o São Paulo. No meio da próxima semana, o Rubro-Negro irá abrir a disputa da semifinal da Conmebol Libertadores diante do Grêmio - e, de acordo com o treinador português, no jogo do fim de semana, o Fla irá com a força máxima, sem poupar ninguém devido ao jogo pela Libertadores.

"Jogaremos sábado e teremos mais um dia de descanso. O Grêmio vai poupe jogadores, não faremos isso, mas vamos para frente. Acreditamos muito no que a equipe é capaz de fazer. Nossos atletas não estão dando sinais de fadiga. Tive a oportunidade de poupar alguns jogadores no jogo de hoje. Não vou poupar ninguém por causa do jogo do Grêmio. Quem tiver condição, vai jogar", finalizou o treinador.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários