Flamengo e Goiás -  CARLOS COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Flamengo e Goiás CARLOS COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Por O Dia
Goiás - O Flamengo vacilou e cedeu o empate contra o Goiás, no Serra Dourada, no entanto, o resultado poderia ter sido outro. De acordo com o comentarista de arbitragem do Grupo Globo, Sandro Meira Ricci, o segundo gol da equipe esmeraldina foi irregular.

"Na origem da jogada do segundo gol do Goiás, ainda no campo de ataque do Flamengo, o Rafael Moura coloca a mão no rosto do Filipe Luís. Isto é falta para cartão amarelo, inclusive. O árbitro não viu, deixou o jogo seguir. O jogo seguiu no tiro de meta para o Goiás, que deu origem à jogada do gol do Michael. A falta deveria ser marcada no início do lance", analisou.

Além disso, o atacante do clube goiano também deveria ter sido punido com um segundo amarelo, de acordo com o comentarista.  "O Rafael Moura já tinha tomado um cartão amarelo no primeiro tempo. Esse lance seria para o segundo amarelo e a consequente expulsão do Rafael Moura", completou.