João de Deus substituirá Jorge Jesus no comando do Flamengo contra o Bahia

Auxiliar já exerceu a função de treinador por muitos anos

Por Lance

Flamengo de Jorge Jesus começa a medir forças hoje com o Grêmio de Renato Gaúcho
Flamengo de Jorge Jesus começa a medir forças hoje com o Grêmio de Renato Gaúcho -
Rio - Diante do Bahia, o Flamengo não contará com o enérgico Jorge Jesus na área técnica do Maracanã. Suspenso por três cartões amarelos, o treinador será substituído por seu auxiliar João de Deus. Apesar de hoje estar nos bastidores, o ex-zagueiro já exerceu a função de treinador por muitos anos. Assim, o jogo de domingo, pela 32ª rodada do Brasileirão, não chegará a ser uma novidade.

Além da terra natal, a dupla divide a paixão e o "consumo diário" do futebol, além das carreiras modestas como jogador em Portugal. Foi no Vitória de Setúbal que o treinador Jorge Jesus conheceu João de Deus, até então zagueiro,

O convite para ser auxiliar do Mister veio anos depois, contou João à "FlaTV".

"Já conheço o meu treinador há muitos anos. Desde os tempo em que eu era jogador. O Mister esteve no Vitória de Setúbal também e foi ali que tive o primeiro contato com ele. É bom receber um convite para trabalhar com um treinador deste nível porque você sabe que a probabilidade de ter sucesso no é muito grande ", afirmou João, em entrevista em seus primeiros dias no clube.

No dia a dia, João de Deus partilha com Mister e Tiago Oliveira, também auxiliar a montagem dos treinos e atenção aos detalhes, como os demais membros da comissão técnica. Nos jogos, é o profissional quem conversa com Jorge Jesus a todo tempo. Antes de uma substituição, João é quem costuma entrar e orientar o jogador que entrará na partida.
 
RODAGEM INTERNACIONAL

Como zagueiro, João de Deus fez carreira em Portugal, atuando em clubes modestos do país, como Barreirense e Lusitano Évora, por exemplo. Se aposentou no Vitória de Setúbal, em 2004, e deu sequência à trajetória no clube como preparador físico até 2017.

Então, João de Deus aventurou-se pelo futebol mundial. Treinou a seleção de Cabo Verde, AD Ceuta, da Angola, e GD Interclube, da Angola, antes de retornar à Portugal. Por lá, esteve no comando de vários times - Farense, Oliveirense, Gil Vicente, Sporting B e CD Nacional - até 2017.

Antes de integrar a comissão técnica de Jorge Jesus, como auxiliar no Al Hilal, da Arábia Saudita, na temporada 2018/19, João de Deus ainda dirigiu o NorthEast United, na Índia, e o Ermis Aradippou, do Chipre. Desde então, acompanha o Mister.

"O futebol me deu quase tudo que tenho. Só me falta trabalhar na Oceania. De resto, já trabalhei em todos continentes. Em termos culturais, é uma bagagem enorme", afirmou João de Deus à "FlaTV".
COM A PALAVRA
Norberto Lopes - Jornal de Notícias, de Portugal

"João de Deus é um treinador experiente e que durante muitos anos foi técnico principal em Portugal. Treinou o Gil Vicente e o Sporting B. Não creio que isso será um problema para o Flamengo. Além disso, hoje em dia os jogos são preparados de uma forma tão profissional em que a intervenção do treinador durante o jogo acaba por ser residual."

Comentários