Rodolfo Landim exalta conquista da Libertadores pelo Flamengo: 'Estamos recuperando o orgulho de milhões'

Rubro-negro derrotou o River por 2 a 1

Por Lance

Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim
Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim -
Rio - O Flamengo bateu o River Plate de virada, neste sábado, e conquistou a Copa Libertadores pela segunda vez. Em declaração ao "Fox Sports" após a partida, no Monumental de Lima-PER, o presidente do Rubro-Negro, Rodolfo Landim, falou sobre o sentimento diante da conquista do título continental.

"Estamos resgatando o orgulho de vários, milhões de pessoas. Isso não tem preço. O time está fazendo com que a torcida volte a acreditar no clube e da felicidade a essa torcida. Não só o time, mas todos que trabalham no dia a dia na administração do clube", elogiou.

Apesar do alívio final, o Rubro-negro passou por apuros na capital peruana. A equipe de Jorge Jesus saiu atrás no placar e teve que batalhar pela virada - que só começou a sair aos 43 do segundo tempo. Apesar do cenário, Landim disse que confiava na reação, e elogiou a invasão flamenguista a Lima.

"Confesso que tinha confiança em empatar o jogo até o final. É bom registrar aqui, a importância desta torcida maravilhosa que no final do jogo começou a empurrar o time e acho que o próprio time adversário sentiu isso, eles estava muito cansados por causa da forte marcação", disse o mandatário, que continuou ao falar sobre o gol de Gabigol, que sacramentou a virada e o título:

"Esse gol adicional foi bônus. Acho que empatando, eu acreditaria que o River Plate iria cair o ritmo na prorrogação, e aí sim, conseguiríamos vencer. Mas a vitória veio antes e de forma sensacional".

Rodolfo landim finalizou ao comentar a situação de Gabigol. O empréstimo do camisa 9 junto à Inter de Milão se encerra no fim do ano e o futuro do goleador segue indefinido:

"Ele quer conversar depois da temporada, então conversaremos depois da temporada. É um pedido dele. Se ele quiser conversar agora, conversamos agora. O que importa é que ele esteja focado".

Comentários