Gustavo Henrique - Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação
Gustavo HenriqueAlexandre Vidal / Flamengo / Divulgação
Por Lance
Rio - Há um novo xerife na área: Gustavo Henrique, de 26 anos, foi apresentado nesta quarta como reforço do Flamengo e, após oito anos no Santos, chega confiante para mostrar seu futebol no time da Gávea. Para isso, terá que "vencer" a concorrência de Rodrigo Caio e Pablo Marí, dupla titular e campeã brasileira e da Libertadores. Um grande desafio, admite o novo camisa 2 do Fla.

"Primeiramente, é preciso respeitar história deles (Rodrigo Caio e Marí). Venho para somar, para qualificar o elenco, e é isso que o Flamengo está buscando", afirmou o defensor, nesta quarta no CT George Helal, antes de complementar:

"No dia a dia, vou procurar fazer o melhor para o Mister ter a confiança no meu futebol. Serão muitos jogos em 2020 e, como no Santos, vou me preparar muito para quando a oportunidade chegar eu agarrar com unhas e dentes."
Publicidade
 
Aos 26 anos, Gustavo Henrique encara um novo desafio após defender o Santos profissionalmente nos últimos oito anos. Somadas as temporadas nas divisões de base, são 13 anos, "metade de sua vida", como o próprio jogador ressaltou em sua apresentação no Ninho do Urubu.

A decisão pela mudança de clube - o vínculo com o Santos encerrou-se neste mês de janeiro - passou pelo desejo do zagueiro em "respirar novos ares".

"São duas camisas muito pesadas (as de Flamengo e Santos). Chegou uma hora no Santos, onde fiquei por 13 anos, metade da minha vida, que percebi que precisava de novos ares, buscar outras coisas para minha vida. Tenho objetivos, uma carreira curta e tenho que pensar no melhor para mim e para minha família. Quando soube do interesse, fiquei honrado. Hoje estou vestindo a camisa do Flamengo e farei o melhor para colocar o clube sempre acima."
Publicidade
MAIS UM 'BOM PROBLEMA' PARA JORGE JESUS

Gustavo Henrique foi o segundo reforço confirmado pelo Flamengo para este ano, e assinou contrato válido por quatro temporadas, até dezembro de 2023. Assim como o defensor, o atacante Pedro Rocha já está trabalhando no Ninho.

Além deles, a direção tem acertos próximos com Pedro, da Fiorentina, e Thiago Maia, do Lille, ambos chegando por empréstimo de um ano com opção de compra ao fim do mesmo. Michael, revelação do último Brasileirão, já esteve no CT nesta terça, realizando exames, e pode ser anunciado a qualquer momento.

Gustavo Henrique foi apresentado ao lado de Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e do diretor Bruno Spindel, como de costume. Contudo, o espaço não foi aberto à perguntas para os dirigentes do Flamengo. Braz, por sua vez, abriu a apresentação, dando boas-vindas e elogiando a chegada do novo zagueiro.

"Mais uma apresentação de um grande jogador, que esteve várias vezes na seleção do Paulista, foi vice do Brasileiro, foi convocado para as seleções de base. É um jogador que sempre entendemos que poderia dar musculatura ao nosso elenco. Nos últimos seis meses de contrato dele, havíamos entrado em contato para saber as possibilidades, os entendimentos dos empresários e atletas sobre a vida esportiva. É Um jogador que vem disputar a sua posição, contribui para dar mais problema a Jorge Jesus. Um bom problema", afirmou.
Você pode gostar
Comentários