Fake news sobre doação milionária de Renê, do Flamengo, atrapalha campanha para hospital

Lateral ajudou na campanha, tanto financeiramente, quanto na divulgação, mas a notícia de que havia doado R$ 1 milhão é falsa

Por O Dia

Rio de Janeiro - RJ  - 27/04/2019 - Futebol - Campeonato Brasileiro 2019 - Partida valida primeira rodada - Flamengo x Cruzeiro -  Estadio Maracana, Maracana, zona norte do Rio - na foto, Rene, do Flamengo - Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Rio de Janeiro - RJ - 27/04/2019 - Futebol - Campeonato Brasileiro 2019 - Partida valida primeira rodada - Flamengo x Cruzeiro - Estadio Maracana, Maracana, zona norte do Rio - na foto, Rene, do Flamengo - Foto Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia -
Altos, Piauí - O lateral esquerdo Renê, do Flamengo, foi alvo de uma fake news nos últimos dias. Portais vinculados à torcida do Flamengo divulgaram a notícia de que o jogador do Rubro-negro havia doado R$ 1 milhão ao Hospital Regional Justino Luz, no Piauí. Hugo Victor Martins, um dos organizadores da campanha de doação junto a Renê, explicou a situação.

"Infelizmente, acaba atrapalhando sim a fake news. Até por que muitas pessoas que tinham o interesse de ajudar, quando vê uma quantia de R$ 1 milhão, acabam passando o ato de caridade para outras arrecadações. Espalhamos para todos que não era verdade, nossa intenção não era R$ 1 milhão, mas sim R$ 100 mil para a compra de dois respiradores eletrônicos para doação ao hospital regional de Picos", disse.

Nascido em Picos, onde fica o Hospital Justino Luz, Renê participou da campanha e ajudou na divulgação da vaquinha na internet. Além de gravar vídeos pedindo doações ao centro médico, o lateral também ajudou financeiramente no projeto. Rômulo, ex-jogador do Fla, que também nasceu na mesma cidade, também participou da campanha.

"Desde o início da campanha, o HRJL tem recebido doações e ajuda voluntária de toda a população, em nenhum momento recebemos dinheiro e não vamos receber, ao tempo em que agradecemos a sociedade civil organizada e a população em geral pelas campanhas de doação em prol do Hospital Justino Luz", disse Samará Sá, diretora do hospital, em entrevista ao 'Globoesporte.com'.

Comentários