Zico acredita que coronavírus influenciará na renovação de Jesus com o Flamengo: 'Situação mudou'

Contrato do português com a equipe rubro-negra se encerra em junho

Por Lance

Jesus na chegada a Portugal para cumprir o período de férias forçadas
Jesus na chegada a Portugal para cumprir o período de férias forçadas -
Rio - Ídolo do Flamengo, Zico avalia que os impactos da pandemia do coronavírus na economia podem dificultar a renovação do contrato de Jorge Jesus com o clube da Gávea. Em participação no Jogo Aberto desta segunda-feira, o eterno camisa 10 analisou o cenário, torcendo para que as partes cheguem a um acordo.

"A situação mudou muito depois da pandemia, principalmente, dessa mudança na moeda também. Isso aí gera um valor muito alto, que talvez o Flamengo não esperasse. Eu fiz uma entrevista com ele para o meu canal, e o que me deu a impressão é que ele só não renovaria com o Flamengo se tivesse uma proposta de um Real Madrid, Barcelona, Bayern, Manchester United, Manchester City, essas equipes top que, na opinião dele, se igualam ao time que ele está dirigindo hoje", opinou o Galinho, antes de seguir:

"Então, se fosse para um time inferior ao do Flamengo, ele preferia ficar no Flamengo. Agora, esses valores aí são altos. No momento que os clubes estão vivendo, é muito complicado você assumir um compromisso e depois acabar indo por água abaixo. Eu acredito que o momento é de reflexão e conversa, como bem disse o Braz, por tudo isso que aconteceu nos últimos 30 dias."

Flamengo e Jorge Jesus negociam há meses a prorrogação do atual contrato, o qual é válido até meados de junho. Apesar das dificuldades impostas pela Covid-19, as tratativas seguiram nas últimas semanas, e o Mister é aguardado no Rio de Janeiro em 1º de maio, como afirmou Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo no último sábado, em entrevista ao canal do Flamengo.

Comentários