Guerrero 'superestimado'? Os estrangeiros que saíram mais caro que a encomenda no Flamengo

No início da semana, o narrador João Guilherme disse que o peruano tem 'cartaz maior do que apresenta em campo'

Por O Dia

Rio - Hoje no Internacional, o atacante Paolo Guerrero atuou por quatro temporadas no Flamengo. Com 115 jogos pela equipe carioca, o peruano marcou 43 gols, mesmo número que Gabigol em menos de 60 jogos. Na última terça-feira, o narrador João Guilherme elogiou Guerrero, mas afirmou que o centroavante 'tem um cartaz maior do que apresenta em campo. O Dia relembrou outros estrangeiros que saíram mais caro que a encomenda no Flamengo. Confira:

Galeria de Fotos

Claudio Borghi - Campeão do Mundo em 1986, do Campeonato Argentino e da Libertadores em 1985, o meia Claudio Borghi chegou ao Flamengo em 1989 com currículo impecável. No entanto, a passagem do argentino pelo Rubro-Negro foi um fiasco. O ex-jogador jogou apenas seis partidas com a camisa do clube e não marcou nenhum gol. Reprodução
Fierro - Um dos grandes jogadores da história do Colo-Colo-CHI, Gonzalo Fierro chamou atenção do Flamengo, que o contratou em 2008. Porém, na equipe Rubro-Negra, o lateral, que as vezes atuava como meia, teve momentos irregulares na equipe e nunca conseguiu se firmar como titular absoluto, deixando o clube em 2011. Divulgação
Peralta - Destaque do Nacional-URU no início da carreira, o meia Horacio Peralta não deixou saudade na torcida Rubro-Negra. Contratado em 2006, mesmo ano em que deixou o clube, o jogador realizou apenas 20 partidas pela equipe carioca e marcou quatro gols. Os problemas com bebida também atrapalharam o desempenho. Divulgação
Maxi Biancucchi - Contratado sob o rótulo de 'Primo do Messi', o atacante Maxi Biancucchi não correspondeu o esperado no Flamengo. Entre 2007 e 2009, período em que esteve no clube carioca, o argentino realizou quase 70 partidas pela equipe e marcou apenas sete gols. Também somou passagem por Bahia e Vitória. Divulgação
Hugo Colace - Com passagem pelas seleções de base da Argentina, o volante Hugo Colace chegou ao Flamengo após boas temporadas no Argentinos Jrs. e Newell's Old Boys. No entanto, o jogador não teve sucesso no clube carioca e atuou em apenas cinco partidas. Apesar do fracasso na equipe, foi campeão carioca em 2008. Arquivo
Sambueza - Contratado em 2008 com a missão de substituir Renato Augusto, o argentino Rubens Sambueza chegou por empréstimo do River Plate-ARG. Contudo, uma grave lesão no joelho atrapalhou a trajetória do jogador no Rubro-Negro. Sambueza atuou por apenas sete partidas na equipe carioca e não marcou nenhum gol. Divulgação
Armero - Famoso pelas boas passagens por América de Cali, Palmeiras e seleção colombiana, o lateral Pablo Armero acertou com o Flamengo por empréstimo em 2015. Contudo, o colombiano não repetiu as boas performances da época de Alviverde. No Rubro-Negro, Armero jogou apenas seis partidas e ficou menos de um ano. Alexandre Vidal/Flamengo
Cristian Borja - Outro atacante que a torcida do Flamengo prefere esquecer é o colombiano Cristian Borja. Contratado por empréstimo em 2010, o jogador somou apenas sete partidas na equipe e foi relegado ao time sub-23 do Fla, que rescindiu a cessão do atleta meses depois. Também atuou por Internacional e Caxias. Divulgação
Lucas Mugni - Dado como uma das grandes promessas do futebol argentino no início da década, Lucas Mugni chegou ao Flamengo em 2014 após se destacar no Colón-ARG. Contudo, apesar da grande expectativa, o meia não teve boa passagem no Rubro-negro e disputou apenas 50 partidas em três anos de Flamengo, marcando cinco gols. Divulgação/Flamengo
Erazo - 'El Elegante', como era apelidado no Equador, Frickson Erazo chegou ao Flamengo em 2014 após passagem de destaque pelo Barcelona de Guayaquil. No entanto, o zagueiro fez partidas terríveis na equipe carioca e só foi aproveitado em sete jogos. Foi emprestado ao Grêmio e depois comprado pelo Atlético-MG. Reprodução
10/09/2017. O jogador Paolo Guerrero durante a partida entre Botafogo x Flamengo no Estádio Nilton Santos (Engenhão), válida pela 23ª Rodada do Campeonato Brasileiro. Foto - Márcio Mercante / Agência O Dia Márcio Mercante / Agência O Dia