Crise financeira gerada pelo Covid-19 pode fazer Flamengo ter que vender atacante

Rubro-negro também vem sendo afetado pelo momento atual do país

Por O Dia

Presidente Rodolfo Landim ao lado de Marcos Braz: comando do futebol rubro-negro
Presidente Rodolfo Landim ao lado de Marcos Braz: comando do futebol rubro-negro -
Rio - A crise financeira gerada pela pandemia do Covid-19 afetou o Flamengo. De acordo com a "Gazeta Press", a equipe carioca se vê em situação delicada e entende que precisa realizar alguma transferência para aliviar os cofres. O jovem Lincoln seria esse nome.
O jogador, de 19 anos, atraiu o interesse do Lokomotiv-RUS. Os russos sondaram a situação do jogador e podem iniciar a negociação nesta semana. O valor da multa rescisória do jogador é de 45 milhões de euros ( cerca de R$ 270 milhões). No entanto, os rubro-negros estariam dispostos a aceitar um valor menor.

O atacante nunca conseguiu se firmar entre os titulares na equipe profissional. Seu melhor momento foi na semifinal da Copa do Brasil de 2018, quando marcou o gol do Flamengo no empate com o Grêmio, em Porto Alegre, na Copa do Brasil. Na final do Mundial de Clubes, contra o Liverpool, o atacante desperdiçou grande chance de empatar o duelo no fim da partida, mas chutou sobre o travessão.

Nesta temporada, o jovem vinha sendo pouco utilizado pelo técnico Jorge Jesus. Com a chegada de Michael, Pedro e Pedro Rocha, a concorrência no atacante aumentou bastante. 

Comentários