Piris da Motta
 - Marcelo Gonçalves/Parceiro/Agência O Dia
Piris da Motta Marcelo Gonçalves/Parceiro/Agência O Dia
Por Venê Casagrande
Rio - A ida da diretoria do Flamengo à Europa pode render mais do que um novo treinador para a equipe. Como o Jornal O Dia antecipou, o vice de futebol Marcos Braz embarcou na noite da última quarta-feira para Portugal, e Bruno Spindel, diretor executivo, tem chances de viajar nesta sexta-feira para encontrar o companheiro no Velho Continente. Mas a ideia da dupla não é apenas achar um comandante, mas também se encontrar com o Braga para tentar negociar Piris da Motta com a equipe portuguesa.
A dupla da diretoria do Flamengo tentará um espaço na agenda para sentar com o Braga para tentar negociar mais um jogador que não está sendo utilizado e, com isso, aliviar a folha salarial, já que Piris tem custo alto mensal, sendo o quarto volante mais caro do atual elenco. Vale ressaltar que o paraguaio ficou sem espaço na seleção paraguaia depois de pedir para não ser convocado para poder entrar em campo pelo time carioca, no começo de 2019, e perdeu valor de mercado.
Publicidade
Nos últimos dias, o Braga manifestou ao Flamengo a vontade de contratar o volante paraguaio, que não entra em campo pela equipe rubro-negra desde 2019 e foi relacionado em apenas cinco partidas nesta temporada. Em contato com a reportagem, o presidente da equipe portuguesa, Antônio Salvador, confirmou que "estás a conversar" com a diretoria do clube carioca para tentar a aquisição de Piris.
O molde da negociação que o Braga deseja ainda não foi decidido, mas o Flamengo, por ter investido R$ 25,87 milhões entre direitos econômicos e comissões, para tirar Piris do San Lorenzo, em 2018, sabe que dificilmente irá recuperar esse valor caso a transação com o time português avance. Um empréstimo, com valor de passe fixado, não está descartado.
Publicidade
O jornal O Dia apurou que, em março, o Olímpia tentou a contratação de Piris, mas o jogador, pelo menos neste momento, não deseja retornar ao Paraguai, seu país de origem. Já em relação à ida ao futebol português, o volante vê com bons olhos e aguarda uma definição sobre as conversas entre Braga e Flamengo.
Em janeiro, América do México por pouco não contratou Piris. O empresário do volante, Isidoro Giménezes, chegou a se reunir com o Flamengo, na sede da Gávea, para acertar a saída do seu cliente. Mas, em cima da hora, o clube mexicano voltou atrás e não aceitou as condições impostas pelo Rubro-Negro.
Publicidade
O atual vínculo de Piris da Motta com o Flamengo vai até meio de 2022.