Filipe Luís - Clever Felix/Parceiro/Agência O Dia
Filipe LuísClever Felix/Parceiro/Agência O Dia
Por O Dia
Rio - A saída repentina de Jorge Jesus, ainda deixa saudades. Não só para os torcedores, que idolatravam o treinador português, mas também para os atletas do elenco. Em entrevista para o "Globoesporte.com" Filipe Luís, comentou a saída do treinador, considerado muito especial, e a caracterizou de uma forma curiosa.
Publicidade
"Eu amo esse velhinho. É muito especial e deixou marca. A saída dele foi muito impactante, como todos os divórcios são. É a mesma sensação de quando terminamos com a primeira namorada da adolescência. Briga, briga, briga, termina, mas depois só se lembra das coisas boas".
O lateral-esquerdo do Rubro-Negro rasgou elogios a metodologia do técnico e revelou que foi com ele que mais aprendeu em toda carreira.
Publicidade
"Com ele, diziam que sempre jogávamos bem. Mas não era bem assim. Também fazíamos jogos ruins. Mas ele tinha uma maneira de trabalhar, uma metodologia, que fazia todos sentirem-se importantes. Ele mostrava-nos um vídeo de treino e aquilo era uma aula de futebol. Eu que vim com 34 anos para o Flamengo a achar que vinha ensinar alguma coisa, fui o aluno número um. Eu nunca aprendi tanto de futebol como com esse velhinho. Ele parava o vídeo e ficava durante 15 minutos a falar de um detalhe. E dizia coisas que te deixavam a pensar. Fez-me aprender muito sobre futebol".