Diego Alves  - Alexandre Vidal/Flamengo
Diego Alves Alexandre Vidal/Flamengo
Por Lance
Rio - Focado em manter o elenco que conquistou uma série de títulos em 2019 e 2020, o Flamengo tem uma nova prioridade: renovar o vínculo com Diego Alves. O goleiro é o único titular que tem contrato ao fim desta temporada, mas a confiança é de que as partes chegarão a um acordo pela permanência do camisa 1 no Ninh. As conversas, de acordo com o VP Marcos Braz, já existem.
LEIA MAIS: CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O FLAMENGO

"Trabalhamos em cima de todas as renovações, estamos trabalhando em cima dessa. Mas cada hora tem um problema, tem viagem. No meio desse processo tivemos que viajar para trazer o Isla. O Diego Alves é prioridade nossa, tenho que falar nisso", afirmou o dirigente em entrevista neste sábado, em Guayaquil.

O contrato de Diego Alves vai até o fim desta temporada. O desejo do atleta é dar continuidade ao trabalho no clube. Um dos capitães da equipe, o camisa 1 é uma das lideranças do elenco e soma 151 partidas e seis títulos com o Manto.

Confirmada sua renovação, será mais uma entre as várias feitas pela diretoria da Gávea após os títulos do Campeonato Brasileiro e Libertadores de 2019. Foi assim com Everton Ribeiro, Diego Ribas, Bruno Henrique e Willian Arão, todos nomes com contribuições importantes nas conquistas recentes do Flamengo.
De afastado a campeão da América

Hoje Diego Alves tem status incontestável no time do Flamengo, mas este não era o cenário quando a atual diretoria assumiu o clube. Após um atrito com a comissão técnica de Dorival Júnior, no segundo semestre de 2018, o goleiro foi afastado do elenco principal. Com a gestão do presidente Rodolfo Landim, iniciada em janeiro de 2019, Diego Alves foi reintegrado após conversas com o VP de futebol Marcos Braz e os novos membros do departamento de futebol.

"Nossa relação com ele, não sei se vocês recordam, o Diego Alves estava afastado há três meses, e a nossa diretoria fez com que ele ficasse. Acho que a diretoria acertou, acho que eu acertei e acho que o atleta acertou em ficar aqui. A gente acredita que vai resolver isso aí. Não é ordem de prioridade, "ah que o atleta tal renovou primeiro...". É porque tem que renovar um por um, depois que renova com um passa pro outro. Sistematicamente estamos falando com o empresário dele e acho que não vamos ter problema nenhum", finalizou Braz.