Maurício Galiotte - Divulgação
Maurício GaliotteDivulgação
Por O Dia
Rio - O Palmeiras voltou a se manifestar contra o adiamento da partida com o Flamengo, que estava marcada para domingo, no Allianz Parque, mas foi suspensa por conta de uma liminar concedida neste sábado pelo TRT-RJ ao Sindeclubes (Sindicato de Funcionários de Clubes no Rio). Em entrevista ao "Globo Esporte", o presidente Maurício Galiotte chegou a falar em paralisar o Brasileirão caso o protocolo não seja cumprido.
"Se o protocolo atual não for respeitado, o campeonato tem de ser paralisado", afirmou o mandatário do Verdão.
Publicidade
Mesmo com a liminar suspendendo a partida, o Palmeiras irá manter seus atletas concentrados. A ideia é continuar seguindo o cronograma para o jogo.