Sergio Sette Camara - Divulgação
Sergio Sette CamaraDivulgação
Por O Dia
Rio - A polêmica envolvendo a partida entre Flamengo e Palmeiras não afetou apenas os dois clubes envolvidos. O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, declarou que o clube mineiro vai pedir a exclusão do Flamengo do Campeonato Brasileiro.
Publicidade
"A lei vale para todos. O Flamengo se utilizou da Justiça comum para descumprir o protocolo da CBF e desrespeitar todos os outros 19 clubes da Série A, em mais um exemplo de soberba. Isso é passível de banimento. Tem de ser rebaixado automaticamente. O Atlético-MG vai entrar com um pedido à Procuradoria do STJD para a exclusão do Flamengo do Brasileiro. Deve ser realmente banido do campeonato”, declarou, em entrevista ao site "Terra".
Antes da realização da partida, alguns clubes ameaçaram pedir a paralisação do Brasileiro se o jogo fosse adiado. No entanto, de acordo com mandatário mineiro, o torneio irá continuar.
Publicidade
O mandatário do clube mineiro disse que o Brasileiro deve seguir, mesmo sem o Flamengo.

“O campeonato vai prosseguir. Só não sabemos se com ou sem o Flamengo. Temos acompanhado as dificuldades da CBF na organização do Brasileiro num momento tão grave, tão difícil. Era hora de todos darem as mãos para ajudar a confederação e o futebol brasileiro. Mas o Flamengo quer tomar o próprio caminho, se acha o melhor e se acha independente. Tem de pagar pelos seu erros.”, disse.