Rodrigo Dunshee de Abranches - Luciano Belford
Rodrigo Dunshee de AbranchesLuciano Belford
Por O Dia
Rio - O Flamengo foi eliminado pelo Racing nos pênaltis, nas oitavas de final da Libertadores. Com isso, o Rubro-Negro deixou de faturar 3,5 milhões de dólares (cerca de R$ 18 milhões na cotação atual) e a diretoria foi duramente criticada pelo planejamento e pelas más decisões durante a temporada. O vice-presidente Rodrigo Dunshee afirmou que aceitava críticas da torcida, mas não de dirigentes de gestões anteriores.
"Aceito todas as críticas da torcida.Vamos trabalhar consertar as falhas junto com esse grande elenco.O que não aceito sao pessoas da gestão passada,dos jogadores ruins e hiperinflacionados, milhões do VJr e da Globo jogados no lixo,1 só estadual, do banana..Esses não podem falar", disse.
Publicidade
Eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores, o Flamengo retoma suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, o Rubro-Negro enfrenta o rival Botafogo, no Maracanã. A bola rola às 17h (de Brasília).