Com o quarto problema médico no ano, Diego Alves já desfalcou o Flamengo em 16 jogos - Marcelo Cortes / Flamengo
Com o quarto problema médico no ano, Diego Alves já desfalcou o Flamengo em 16 jogosMarcelo Cortes / Flamengo
Por O Dia
Rio - O que parecia ser um simples desconforto muscular na posterior da coxa esquerda de Diego Alves se confirmou numa lesão mais séria e que coloca em risco a participação do goleiro no Fla-Flu do que marcará a retomada do Rubro-Negro no Campeonato Brasileiro, no dia 6 de janeiro, no Maracanã. O exame de imagem realizado nesta segunda-feira confirmou a gravidade da lesão do camisa 1.
Na véspera do embarque para o Ceará, na sexta-feira, Diego se queixou durante o treinamento no Ninho do Urubu. Por precaução, foi vetado e substituído pelo goleiro Hugo Souza no empate em 0 a 0 com o Fortaleza, sábado, no Castelão, pela 27ª rodada do Brasileirão.
Publicidade
Diego Alves já deu início ao tratamento intensivo no CT rubro-negro, mas o departamento médico não estabeleceu um prazo para a volta do goleiro. Caso seja vetado, Hugo será o titular no Fla-Flu. Depois de uma arrastada negociação de renovação de contrato, o camisa 1 encerra 2021 com um histórico de lesões no ombro, no joelho, além da infecção pelo novo coronavírus. No total, o goleiro desfalcou a equipe em 16 jogos.

Terceiro colocado no Brasileiro, com 49 pontos, o Flamengo, que tem um jogo a menos, possui sete pontos a menos do que o São Paulo, líder isolado no Brasileiro.