Rogério Ceni
Rogério CeniAlexandre Vidal / Flamengo
Por O Dia
Rio - A vitória sobre a LDU, em Quito, foi bastante comemorada pelo Flamengo. Após um belo primeiro tempo, a equipe carioca acabou cedendo o empate no segundo tempo, mas conseguiu voltar a ficar na frente antes do fim do jogo. O técnico Rogério Ceni falou das dificuldades de encarar a altitude.
Publicidade
"Jogar na altitude não é fácil. Eu lembro. O São Paulo veio aqui no ano passado e perdeu. O River Plate veio aqui na temporada passada e perdeu se eu não me engano. A LDU se eu não me engano estava invicta na temporada. E principalmente os mais jovens, o João, por exemplo, fez um primeiro tempo brilhante. Mas talvez não soube dosar a energia. Também por não ter a experiência de jogar na altitude", afirmou.
Ao comentar os problemas físicos dos seus jogadores na partida, o comandante afirmou que se pudesse teria feito mais alterações que o permitido na regra da Fifa.
Publicidade
"Mas sem dúvida nenhuma o que fez a gente baixar o jogo no segundo tempo foi que eu todo mundo foi ao seu limite. Se pudesse fazer oito, nove alterações, daria para ter feito porque o cansaço era geral pelo fato de se estar prejudicado de jogar a quase 3 mil metros de altura", disse.