Luxa quer tirar elenco do Flu da 'zona de conforto': 'Tem de despertar de novo'

Técnico elogia grupo e fala sobre acerto com o Tricolor

Por fabio.klotz

Rio - Invicto no comando do Fluminense (uma vitória e dois empates), Vanderlei Luxemburgo fez elogios ao elenco tricolor, mas aproveitou para dizer que o grupo precisa justificar a condição de campeão brasileiro. Para o técnico, o Flu sofre com relaxamento após um período de títulos.

Luxemburgo não quer saber de acomodação no TricolorMárcio Mercante / Agência O Dia

"O elenco é muito bom. Um dos melhores ambientes que peguei a nível de jogador de futebol. A relação de trabalho, de relacionamento, tudo isso é fantástico. Mas tem de esquecer o ano passado. Uma base é fundamental para o trabalho. Mas tem de dar uma resposta. Talvez a aposta na Libertadores tenha dado uma adormecida. Agora tem de despertar de novo. Tem alguns jogadores que já estão no clube há muito tempo. Talvez tenha aquele relaxamento inconsciente. Fica numa zona de conforto. Tem alguns bicampeões brasileiros. Aí já podem achar que vão ganhar de novo", disse o técnico, nesta sexta-feira, em entrevista ao "Redação SporTV".

O técnico também falou sobre o processo de acerto com o Fluminense.

"Primeiramente, eu não conversei com ninguém do Fluminense antes. Fui conversar às 21h30, 22h, na casa de Celso Barros. Aí me ligaram, dizendo que o Fluminense dispensou o Abel, estavam reunidos na casa do Celso e me chamaram. Fui para lá, conversamos, estavam o Presidente (Peter Siemsen), o Sandro (Lima), o Rodrigo (Caetano) e o Dr. Celso Barros. Perguntei se chegaram a um consenso e disseram que sim", afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia