Diretor banca Luxa e analisa derrota para o Vitória: 'Fomos incompetentes'

Rodrigo Caetano mostra confiança no trabalho do técnico

Por fabio.klotz

Rio - O sétimo jogo sem vencer no Brasileiro (são quatro derrotas e três empates) não abalou a confiança do Fluminense em Vanderlei Luxemburgo. O diretor-executivo Rodrigo Caetano garantiu o ténico no cargo e resumiu o sentimento do clube após ser derrotado para o Vitória, neste domingo, no Maracanã, mesmo atuando com um jogador a mais desde o primeiro tempo.

Luxemburgo recebe apoio da diretoria do FluminenseMárcio Mercante / Agência O Dia

"Não existe a possibilidade (de demissão de Luxa), mesmo que perca o Fla-Flu. Estamos todos envergonhados. Talvez seja essa a palavra exata. Nós nos preparamos muito para esse jogo, assim como para os anteriores. Estávamos diante do nosso torcedor, que compareceu e apoiou. Infelizmente, a sequência negativa continua. Não posso fazer um prognóstico (de demitir o técnico) e, principalmente, aumentar ainda mais os nossos problemas. Vamos ter de mudar essa situação de qualquer forma", afirmou o dirigente.

Além de garantir Luxemburgo no cargo, Caetano passou confiança ao treinador.

"Fomos incompetentes, como o Vanderlei já disse. Após a virada do Vitória, o emocional nos atrapalhou muito. Quem joga em um grande clube como o Fluminense tem de saber administrar situações adversas. Acreditamos no trabalho que o Luxemburgo vem desenvolvendo e esperamos que essa série negativa seja interrompida no próximo jogo", encerrou.

Com a derrota para o Vitória, o Fluminense caiu uma posição, agora é o 16º colocado, com 33 pontos. Na próxima rodada, no domingo, às 19h30, o Tricolor enfrenta o Flamengo no Maracanã.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia