Por fabio.klotz

Rio - De cuca fresca e com o ambiente renovado. É neste clima que o Fluminense enfrenta o São Paulo, neste domingo, às 17h, no Maracanã. Após bater o Náutico, quinta-feira, e deixar a zona de rebaixamento do Brasileiro, o Time de Guerreiros se concentra em emplacar uma sequência de vitórias e se livrar do risco de queda para a Série B.

Dorival tenta salvar o Flu do risco de rebaixamentoMárcio Mercante / Agência O Dia

Apontado pelos jogadores como um dos principais motivos da mudança de postura da equipe, o técnico Dorival Júnior deu indícios de que vai mexer no time que enfrentará os paulistas. No treino deste sábado, nas Laranjeiras, ele escalou entre os titulares o volante Edinho - suspenso contra o Náutico - e o lateral-direito Bruno, recuperado de uma lesão muscular.

Além da dupla, o zagueiro Digão foi mantido e jogará outra vez improvisado na lateral esquerda. Opção no setor, o garoto Ronan foi liberado pelo departamento médico, mas ficará no banco de reservas. Autor do segundo gol da vitória (2 a 0) sobre o Náutico, Samuel também foi confirmado pelo treinador. O atacante ficará com a vaga de Marcos Júnior, que sofreu contratura muscular na coxa direita contra os pernambucanos e não tem previsão de volta ao time.

DORIVAL CONVOCA A TORCIDA

Ciente da importância de conquistar uma nova vitória para manter o Fluminense fora da zona da degola, Dorival Júnior convocou a torcida para apoiar o time contra o São Paulo. Segundo o treinador, a presença da galera no Maracanã é fundamental neste momento de instabilidade pelo qual passa o clube.

“A presença do torcedor domingo vai ser fundamental. Temos de lotar o Maracanã e conquistar uma nova vitória. O torcedor tem de entender que não podemos relaxar num campeonato como o Brasileiro. Precisamos de todo o apoio possível”, frisou o técnico do Fluminense.

Você pode gostar