Por fabio.klotz

Rio - Se o Fluminense mostrou evolução ao vencer a primeira partida no Carioca, domingo, contra o Nova Iguaçu, o ataque titular ainda não deu o ar da graça nesta temporada. Com dois jogos atuando juntos sem balançar a rede, Fred e Rafael Sobis mantêm o discurso de que o gol vai sair no momento certo. A expectativa da torcida é que o jejum se encerre nesta quarta-feira, contra o Resende, às 22h, no Maracanã, pela quarta rodada do Carioca.

Fred e Sobis afinam a parceria para brilhar pelo Fluminense Divulgação

O único atacante tricolor a balançar a rede nas três primeiras rodadas foi Michael, que ficará como opção no banco de reservas. Dentro das quatro linhas, Rafael Sobis diz que está satisfeito com o que o Flu mostrou nos 3 a 1 sobre o Nova Iguaçu e diz que o time possui jogadores acostumados a esse tipo de pressão.

“Bate um incômodo ficar sem marcar, mas somos experientes e sabemos que o ano está só começando. Vivemos de gols e sabemos que logo eles vão sair”, analisou Rafael Sobis, explicando o que muda no seu posicionamento com Fred em campo: “Ele é mais centroavante e eu tenho que me movimentar mais, de acordo com o adversário. Conversamos muito para acertar.”

>>> MAIS CARIOCA: Notícias, tabela e a classificação do Estadual

O fato de ficar um pouco mais longe do gol ao atuar com o ídolo tricolor não preocupa Sobis. Segundo ele, jogador comprometido com a equipe não pode se dar ao luxo de reclamar de posicionamento.

“Não incomoda ficar longe quando se está pensando em ajudar. Estou aqui para ajudar o Fred a fazer gols e é isso que importa”, finalizou, convicto.

Para o duelo com o Resende, o técnico Renato mantém a equipe que venceu o Nova Iguaçu e tem todos os jogadores à disposição. O treinador comemora ter o departamento médico vazio, o que não acontecia havia um ano.

Sobis nega interesse do São Paulo

Rafael Sobis mostrou irritação ao comentar um possível interesse do São Paulo em sua contratação. Segundo o atacante, não há nada no momento e essa novela não parece ter um final feliz para o jogador.

Com a cabeça no Flu, Sobis diz que não foi procurado pelo clube paulista, que teria oferecido Rafael Toloi, Jadson e Cortez em troca.

“É tudo história. Não existe nada. Queria eu valer tanto assim como estão cogitando, mas não houve nenhum contato e não há nenhuma negociação em andamento”, disse o atacante, em tom áspero.

Você pode gostar