Por bernardo.argento

Rio - O Fluminense esperava chegar ao jogo diante do Flamengo, no domingo, mantendo os 100% de aproveitamento e a liderança do Campeonato Brasileiro. No entanto, o Vitória impôs a primeira derrota ao Tricolor, por 2 a 1, no Maracanã, no último sábado. Apesar do resultado ruim, o técnico Cristóvão Borges nega que a preparação para enfrentar o rival rubro-negro tenha sido prejudicada. 

"Foi um resultado que não chega a afetar nosso trabalho na semana. Conversei com os jogadores no vestiário após o jogo e todos estavam tranquilos, cientes de que fizeram boa apresentação. Uma derrota afeta o ambiente quando a performance é ruim. Não foi o caso. O Fluminense buscou o gol, lutou, foi guerreiro. Prova disso é que a própria torcida reconheceu o bom desempenho e aplaudiu após o apito final", afirmou o técnico do Tricolor.

Cristóvão elogia o grupo do FluminenseMárcio Mercante / Agência O Dia

O Fluminense teve dificuldades para passar pelo bloqueio do time baiano. Cristóvão chegou a ser criticado por não fazer substituições que mudassem o panorama do duelo. O treinador admitiu que outros clubes devem adotar a mesma estratégia quando jogarem diante de sua equipe no Maracanã.

"O Vitória fez o que todos irão fazer. Marcaram os laterais e buscaram as alternativas de velocidade. Contra um time assim, não podemos nos desorganizar, mas é preciso lembrar que tem dias que as coisas dão certo para um lado e não para o outro", lembrou Cristovão.

Você pode gostar