Cícero comemora primeiro gol no retorno ao Fluminense e elogia o time

Volante disse que a equipe tem potencial para buscar o título

Por edsel.britto

Rio - Cícero voltou ao Fluminense depois de seis anos e já mostrou que está em casa novamente. Em seus primeiros jogos no retorno, o volante demonstrou desenvoltura e que já está adaptado à equipe. Ao lado de Jean, os dois vem fazendo uma dupla muito elogiada nas últimas partidas. Após ficar no quase no jogo contra o Santos, Cícero finalmente conseguiu deixar sua marca no último domingo contra o Atlético-PR. Em entrevista ao site oficial do clube nesta terça-feira, o volante comemorou ter feito seu primeiro gol.

"É uma sensação muito boa marcar logo no meu terceiro jogo após a volta ao Fluminense. Essas duas vitórias seguidas serviram para mostrar que estamos no caminho certo. Eram para ser dois gols aqui já. Mas este foi o que ficou valendo e nos deixou ainda mais fortes nessa caminhada", afirmou o volante, que também elogiou a qualidade do elenco Tricolor.

Cícero marcou seu primeiro gol no retorno ao FluminenseDivulgação

"Temos um time com muita qualidade. Se igualarmos sempre na pegada, nossa qualidade vai sobressair. O caminho é esse, não podemos parar por aqui. A caminhada é muito longa ainda e, se focarmos bem isso, temos tudo para almejar coisas muito melhores no fim do ano", declarou.

Cícero aproveitou para elogiar o trabalho feito por Cristovão Borges. Para o volante, o treinador é o principal responsável pela boa fase do time das Laranjeiras.

"O Cristóvão com certeza sabe o que é melhor para a nossa equipe. Contra o Atlético-PR, atuei de uma forma diferente, com mais liberdade, o que ajudou a chegar mais na frente. O importante foi sair vitorioso", ressaltou Cícero.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia