Gerson evita pensar na Europa e foca no Fluminense: 'Quero virar ídolo'

Meia de 17 anos está em alta e se firma como titular do Flu

Por fabio.klotz

Rio - Ele tem apenas 17 anos, mas já chegou ao profissional do Fluminense e desperta a curiosidade e interesse de gigantes da Europa. O meia Gerson prega cautela e foca no presente. A primeira meta é brilhar com a camisa tricolor. O futuro é promissor. Em sete jogos no time adulto, já fez três gols, o último na vitória sobre a Cabofriense, nesta quinta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca.

Gerson está focado em brilhar com a camisa do FluminenseDivulgação

"É o sonho de todo jogador atuar na Europa, claro, mas estou concentrado no Fluminense. Tenho de viver o Fluminense. O que vem depois deixo para o meu pai e meu empresário. Meu sonho foi chegar ao profissional e agora fazer uma história, virar ídolo. Tenho contrato. Esse negócio de Europa quem vê é o empresário, só me preocupo em jogar bola", disse Gerson, nesta sexta-feira, em sua primeira coletiva.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

O parceiro Kenedy, outro jovem tricolor que tem brilhado, acompanhou a coletiva de Gerson. A nova safra do Fluminense pede passagem. A responsabilidade não assusta.

LEIA MAIS: Drubscky comemora vitória e afirma que esperava rejeição da torcida "O time depende de todos, do Diego Cavalieri ao Fred. Com todos bem, o time vai estar bem. A responsabilidade é boa. Foi o que eu escolhi e estou trabalhando fortemente. Se aumentar, estou preparado, desde pequeno me preparei com as pessoas que estão ao meu redor", declarou Gerson.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia