Fluminense define perfil do novo técnico

Tricolor quer profissional de ponta, experiente e 'possível' dentro da realidade financeira e de investimento do clube

Por fabio.klotz

Rio - O Fluminense já definiu quem será o diretor-executivo do futebol - Jorge Macedo, que trabalhou no Internacional, foi anunciado pelo clube - e agora se concentra em contratar um novo técnico. Presidente tricolor, Peter Siemsen traça o perfil e tenta driblar o inflacionado mercado do futebol.

Peter Siemsen trabalha para arrumar a casa no FluminenseNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

"No Brasil os valores estão altos, mas estamos trabalhando para encontrar um caminho em que a gente consiga trabalhar com um treinador de ponta, com experiência e que se encaixe dentro do investimento", declarou Peter, à Rádio Globo.

Levir Culpi é o favorito ao posto de novo técnico do Fluminense. O nome de Cuca, que já trabalhou no Tricolor, também foi analisado.

O Tricolor passa por uma reformulação. O técnico Eduardo Baptista foi demitido na semana passada. Porém, não foi a única mudança. O Fluminense desligou Mário Bittencourt da vice-presidência do futebol. Fernando Simone, que era o diretor-executivo, foi afastado por 30 dias e não ficará mais na pasta.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia