Wellington Silva defende Levir após confusão em jogo do Flu: 'Ele detesta isso'

Técnico e lateral se envolveram em polêmica com Carlos Alberto

Por renata.amaral

Rio - O Fluminense saiu com a vitória do confronto contra o Figueirense, no sábado, em Edson Passos, mas o que acabou chamando a atenção foi a confusão após a partida. O meia Carlos Alberto, do time catarinense, acusou Levir Culpi de ter mandado Wellington Silva bater em sua perna. O lateral direito tricolor colocou fim à polêmica e saiu em defesa do técnico.

Wellington Silva defendeu Levir CulpiDivulgação

"Sou amigo do Carlos Alberto. Quando o jogo estava 2 a 0 para nós ele falou comigo que ia tentar desestabilizar nosso time de todas as formas. Quando viu que não ia conseguir com os jogadores, foi para cima do nosso treinador. No começo da confusão, o Levir veio justamente me pedir para devolver a bola, para praticar o fair play. Ele nunca mandaria bater. Ele tentou desestabilizar o nosso time mas não conseguiu. E o mais importante, no fim fomos nós que vencemos. O Levir jamais pediria para sermos desleais. Muito pelo contrário. Ele detesta esse tipo de coisa", explicou Wellington Silva.

O próximo compromisso do Fluminense será na quarta-feira, às 16h, contra o Botafogo, no Luso-Brasileiro. Com 34 pontos, o Tricolor é o oitavo colocado na tabela do Campeonato Brasileiro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia