Por pedro.logato

Equador - Recuperado de lesão muscular, Henrique Dourado não foi poupado da viagem para Quito. O jogador estará em campo no duelo contra a Universidad Católica do Equador, nesta quarta-feira. O Tricolor pode perder por três gols de diferença que se classifica na Sul-America. Apesar da vantagem, o Ceifador pregou respeito ao rival.

Dourado em chegada no Equador Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Temos que aproveitar a vantagem. É complicado jogar na altitude (de Quito), mas temos uma boa vantagem. É saber usá-la. Temos que deixar o Campeonato Brasileiro um pouco de lado, para que a gente possa voltar com a classificação e aí pensar na Ponte Preta. Independente de quem jogar, nós temos que buscar a classificação. Temos uma boa vantagem. É ser inteligente para dar mais um passo na Sul-Americana", disse.

A derrota para o Corinthians faz parte do passado. O jogador mostrou boa movimentação na partida do Maracanã. Assim como os seus companheiros, Dourado disse que o Fluminense merecia melhor sorte.

"Enfrentamos uma equipe muito bem montada, não à toa é a líder do Brasileiro. Mas pelo volume de jogo, o empate seria mais justo. Temos que melhorar. O campeonato ainda está muito embolado, tirando o Corinthians. Temos que continuar unidos para conseguir as vitórias. Para brigar na parte de cima temos que vencer os jogos dentro de casa. Nós estamos nos cobrando. O campeonato está embolado e não podemos nos distanciar do pelotão da frente", concluiu.

Você pode gostar