Mais Lidas

Desfalcado, Fluminense busca resultado importante atuando longe do Rio

Sem vencer fora de casa há nove jogos, Tricolor busca bom resultado diante do Cruzeiro, no Mineirão

Por pedro.logato

Minas Gerais - Após quatro jogos seguidos no Rio de Janeiro, o Fluminense volta a viajar para uma missão difícil: trazer o máximo de pontos contra Cruzeiro e o líder Corinthians nas próximas duas rodadas do Brasileiro e acabar com o risco de rebaixamento. O primeiro passo será neste domingo, às 19h, contra os mineiros.

Também será a oportunidade de o Tricolor voltar a vencer longe do Rio, algo que não acontece há mais de três meses. Antes muito elogiada pelo desempenho fora de casa, a equipe de Abel Braga perdeu esse trunfo. Contando Brasileiro, Primeira Liga e Copa Sul-Americana, já são nove partidas de jejum.

Fluminense tem difícil missão em Belo HorizonteDivulgação

O último triunfo do Fluminense longe do Rio de Janeiro foi contra a Universidad Católica, do Equador (2 a 1 em Quito), em 26 de julho. Desde então, foram quatro empates e cinco derrotas, sendo quatro seguidas (Atlético-PR, LDU, Grêmio e Chapecoense).

Mas se quiser se ver livre do rebaixamento antes de voltar ao Rio (o time treinará em Belo Horizonte amanhã e terça-feira, e jogará na quarta em São Paulo), o Fluminense precisará de pelo menos uma vitória nos próximos dois jogos para chegar aos 46 pontos. E o Cruzeiro talvez seja a melhor chance, pois não tem muito a fazer neste Brasileiro.

"O Cruzeiro tem bons jogadores. Eles gostam de pressionar o adversário. Temos que ser inteligentes para explorar os seus pontos fracos. Thiago Neves pode desequilibrar qualquer partida, os pontas têm muita velocidade, o time tem boa saída de bola. Temos que neutralizar o Cruzeiro. Precisamos pontuar nestes dois próximos jogos", analisou Marlon.

MAIS UM DESFALQUE

Sem Sornoza e Henrique Dourado, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Abel Braga ainda perdeu Mateus Norton. O volante, que foi a primeira opção para substituir Richard, sofreu um edema na coxa direita e foi vetado. Marlon Freitas deve ser o substituto no meio de campo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia