Mais Lidas

Dourado pede tranquilidade contra Ponte e admite buscar artilharia do Brasileiro

Atacante tricolor ressaltou que fugir do rebaixamento é sua prioridade

Por gabriel.santos

Rio - Apesar de estar brigando contra o rebaixamento, o Fluminense pode ter o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Henrique Dourado, com 17 gols, está apenas um atrás de Jô e admitiu que ainda sonha com a artilharia, apesar de estar concentrado em tirar o clube de uma "zona desconfortável".

Henrique Dourado está confirmado no clássicoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O centroavante ainda pediu para que o Tricolor das Laranjeiras tenha mais tranquilidade na partida contra a Ponte Preta, que pode garantir a permanência do time na Série A do Brasileirão.

"Quando você está nessa situação, tem que ter tranquilidade. É uma zona muito desconfortável. Esse jogo tem que ser a solução para nós. E não para trazer mais problemas. Sabemos que é um jogo de confronto direto. Pode ser determinante esse jogo, uma final, para não adiar ainda mais esse problema. Vai ser um confronto muito importante e queremos liquidar logo isso para começar a pensar em 2018."

Dourado admitiu que ser o artilheiro máximo do Brasileirão é um objetivo pessoal, mas fez questão de deixar claro que está mais preocupado com a possibilidade de o Fluminense ser rebaixado.

"Sempre deixei claro que é um dos meus objetivos, mas antes temos os objetivos do grupo. É importante para a carreira de um atacante. Grandes jogadores já tiveram esse prazer no Brasileirão. Sem dúvida seria algo muito bom para mim, é um sonho que está perto."

O Fluminense recebe a Ponte Preta nesta segunda-feira e, caso vença, já garante sua vaga na primeira divisão do próximo ano, já que abriria sete pontos de vantagem para o primeiro time da zona de rebaixamento, a própria Macaca.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia