Fluminense sofre gol no fim e empata com o Bahia no Maracanã em 1 a 1

Pedro marcou para o Tricolor e se isolou na artilharia do Brasileirão

Por O Dia

Fluminense e Bahia empatam no Maracanã
Fluminense e Bahia empatam no Maracanã -

Rio - Mesmo contando com um gol do artilheiro Pedro, o Fluminense não conseguiu voltar a vencer no Brasileirão e saiu ontem do Maracanã com um empate em 1 a 1 com o Bahia. O Tricolor carioca — que vinha de derrota para o Ceará no campeonato — está em nono e jogará novamente em casa, contra o Internacional, no dia 13.

Confira a tabela do Brasileirão

O time baiano começou bem o jogo e levou perigo. Mas o Fluminense contou com o talento de Pedro para abrir o placar no Maracanã aos 20 minutos: após bela jogada de Matheus Alessandro pela esquerda, o camisa 9 dominou e bateu colocado da entrada da área para marcar um golaço. Foi o décimo no campeonato de Pedro, artilheiro isolado do Brasileirão, deixando para trás Roger Guedes, com nove, que já se transferiu para o futebol chinês. Na temporada, o atacante do Fluminense já balançou as redes 18 vezes.

Mas o Bahia também deu trabalho a Júlio César. Tanto que o goleiro do Fluminense fez grande defesa num chute de Zé Rafael, da entrada da área, aos 27, garantindo o placar de 1 a 0 no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Tricolor baiano já começou levando perigo, com uma cabeçada de Elton, que saiu por cima do gol de Júlio César. O Bahia ainda perdeu grande chance de empatar com Gilberto, que demorou para finalizar na pequena área de frente para o goleiro Júlio César e acabou travado. O Fluminense também esteve perto de ampliar, quando Matheus Alessandro recebeu belo passe de Pedro e mandou para fora. Mas o Tricolor baiano arrancou o empate, aos 36: Edigar Junior marcou, de cabeça, sem chance de defesa para Júlio César.

O fim da partida foi marcado por uma confusão, com os jogadores do Bahia reclamando de falta de fair play do volante Airton.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 X 1 BAHIA

FLUMINENSE - Júlio César; Léo, Gum (Ibañez), Digão e Ayrton Lucas; Airton, Jadson e Sornoza (Everaldo); Marcos Junior (Richard), Matheus Alessandro e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira

BAHIA - Anderson; Bruno (Nilton), Tiago, Lucas Fonseca e Paulinho; Gregore, Elton, Vinicius (Everson) e Zé Rafael; Edigar Junio e Gilberto (Élber). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Pedro, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Edigar Junio, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP).

CARTÕES AMARELO - Airton, Léo, Gum e Sornoza (Fluminense); Gregore e Élber (Bahia).

RENDA - R$ 392.845.

PÚBLICO - 15.461 pagantes (16.548 presentes).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).