Mais Lidas

Igor Julião apostou em família e na filosofia para superar fase difícil no Fluminense

Lateral não jogada desde junho, quando estava na Eslováquia e ganhou chance surpresa contra o Atlético-MG

Por O Dia

Igor Julião
Igor Julião -

Rio - Depois de passar pelo Flu-Samorín, da Eslováquia, Igor Julião, de 24 anos, passou a treinar com o elenco do Fluminense em julho e desde então viveu a incerteza de saber se jogaria ou não no restante da temporada. Para superar o momento difícil, o lateral apostou na família e na filosofia.

"Foi difícil manter a cabeça tranquila por trabalhar forte e saber que poderia jogar nenhum minuto. Nessa horas, a gente fala com os amigos. Eu leio muito, então, a filosofia me ajudou bastante. Agora estou lendo Schopenhauer (filósofo alemão) e sabia que esse momento ruim não iria durar para sempre. Não tenho palavras para descrever o que foi", revelou.

Desde julho treinando no Fluminense, Igor Julião soube que ia ser titular contra o Atlético-MG apenas no vestiário, quando Léo sentiu lesão na coxa direita. No vídeo dos bastidores do jogo, divulgado pelo clube, o lateral recebeu bastante apoio dos companheiros e, no fim, fez questão de cumprimentar cada um pelo apoio. Atitude de agradecimento pela confiança que ganhou após quatro meses sem jogar.

"O apoio da galera foi fundamental. Senti muita confiança. A forma como o pessoal me tratou... O meu maior desafio foi mental. Conseguir encontrar o equilíbrio na leitura, nos amigos e na minha esposa. Ela foi fundamental", completou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia