Luciano promete tatuar taça se Fluminense ganhar Copa Sul-Americana

Atacante está a seis jogos de conseguir título da competição

Por O Dia

Luciano concedeu coletiva
Luciano concedeu coletiva -

Rio - Com o corpo coberto por tatuagens, Luciano não diz com certeza quantas tem. Mas garante que há espaço para uma nova no braço esquerdo: o desenho do troféu da Copa Sul-Americana. Para isso, ele precisa conquistar o título com o Fluminense e é preciso passar pelo Nacional do Uruguai nas quartas de final.

"Se a gente ganhar a Sul-Americana vou tatuar a taça. Tem um espaço para ela, já. Vamos ver, se Deus quiser", afirmou o atacante.

Para seguir com o plano da tatuagem, Luciano sabe que um bom resultado no primeiro jogo do confronto com o Nacional, nesta quarta-feira no Engenhão, é essencial.

"Esperamos um jogo difícil. A gente conversa internamente e pensa que eles virão fechados, jogando por uma bola", analisou o atacante, que já marcou quatro gols com a camisa tricolor.