Fluminense anuncia a contratação de Ganso

Apoiador, de 29 anos, vai reforçar o clube carioca e assinou por cinco anos

Por O Dia

Paulo Henrique Ganso
Paulo Henrique Ganso -

Rio - O sonho se concretizou e o Fluminense enfim anunciou o seu camisa 10 para a temporada. Depois de longa e arrastada negociação, Paulo Henrique Ganso, de 29 anos, foi confirmado oficialmente e assinou contrato por cinco anos com o Tricolor após rescindir com o Sevilla, da Espanha.

Em postagem na internet, Ganso avisou: "Pronto, agora pode me anunciar" e convocou a torcida a se associar ao clube.

Pronto. pic.twitter.com/MLHA3RTLuz

— Fluminense F.C. (@FluminenseFC) 31 de janeiro de 2019

A contratação de Ganso era bastante esperada para torcida tricolor. Além de ser visto como uma estrela para liderar um grupo bastante jovem, o meia chega para suprir a posição que é considerada a mais carente do atual elenco. Visto como o nome ideal para alavancar o programa de sócios-torcedores e o marketing tricolor, Ganso estava emprestado ao Amiens, da França, e, sem espaço, acabou devolvido ao Sevilla. Então o Fluminense iniciou uma difícil negociação e contou bastante com o desejo do meia de voltar ao futebol brasileiro.

As conversas entre a diretoria tricolor e o Sevilla se arrastaram e tiveram indas e vindas. Inicialmente, os espanhóis queriam emprestá-lo por apenas seis meses, mas o Fluminense convenceu que fosse um ano. Entretanto, a negociação esbarrou na questão salarial.

Em crise financeira, o Tricolor queria inicialmente pagar apenas o teto salarial de R$ 150 mil, mas o Sevilla não aceitou pagar a maior parte dos vencimentos. Com as conversas travadas, o clube espanhol acabou pedindo um valor pelo empréstimo, o que esfriou tudo.

Quando parecia que Ganso ficaria distante, seus empresários foram à Espanha negociar a rescisão de contrato com o Sevilla, que corria o risco de ficar com o jogador até o meio do ano, já que a janela de transferências na Europa se encerra nesta quinta-feira e nenhum outro clube mostrou interesse na contratação.

Com a contratação, o Fluminense aceitou pagar a Ganso mais do que o teto salarial. Entretanto, os valores não foram divulgados. Em nota oficial, o Tricolor garantiu que não houve custo na negociação com o Sevilla. Agora, Ganso deve se unir ao elenco, provavelmente na próxima semana, e ainda não tem data para estrear, mas já conta com a simpatia do técnico Fernando Diniz, que vê o reforço como peça importante para o esquema do time.

"Ganso tem o desejo de jogar no Fluminense, está empolgado com a ideia. O desejo do Fluminense, o meu em particular e o do Ganso é de que consigamos reunir nossas forças no clube para fazer uma temporada muito boa", falou Fernando Diniz após o jogo com o Madureira, na quarta-feira.

Ganso é o nono jogador contratado pelo Fluminense neste ano. Antes dele, o Tricolor anunciou: o goleiro Agenor, o zagueiro Matheus Ferraz, o lateral-direito Ezequiel, o volante Bruno Silva, o meia Caio Henrique e os atacantes Luis Felipe (que acabou não permanecendo), Mateus Gonçalves e Yony González.

 Revelado pelo Santos em 2008, o meia conquistou três campeonatos paulistas pelo Peixe (2010, 2011 e 2012), uma Copa do Brasil (2010), uma Libertadores (2012) e uma Recopa Sul-Americana (2012). Negociado com o São Paulo em 2012, ele conquistou a Sul-Americana do mesmo ano. Em 2016, foi vendido ao Sevilla-ESP, mas não conseguiu se firmar no clube espanhol. Emprestado ao Amiens-FRA em 2018, teve passagem discreta e decidiu retornar ao Brasil.

 

 

Comentários