Fluminense tenta voltar a vencer pelo Carioca

Fluzão pega a Cabofriense, no Maracanã, de olho na ponta do Grupo A

Por O Dia

Paulo Henrique Ganso volta a comandar hoje o meio-campo tricolor: vitória para buscar vaga nas semifinais
Paulo Henrique Ganso volta a comandar hoje o meio-campo tricolor: vitória para buscar vaga nas semifinais -

Rio - O Fluminense volta a campo hoje às 16h, no Maracanã, para enfrentar a Cabofriense, um dos líderes do Grupo B da Taça Rio. Depois da boa atuação na vitória por 3 a 0 e na classificação à terceira fase da Copa do Brasil diante do Ypiranga-RS, no Maracanã, o time tricolor  quer voltar à ponta do Grupo A, aproveitando-se da derrota de 1 a 0 do Volta Redonda para o Bangui, sábado, no Raulino de Oliveira.

O jogo também é fundamental para dar tranquilidade na briga para chegar às semifinais do Carioca. Afinal, se vencer o time de Cabo Fio, o Fluminense assume a terceira colocação na classificação geral, superando o próprio Volta Redonda por um ponto. 

Como o Vasco conquistou a Taça Guanabara, se voltar a erguer o caneco da Taça Rio, haveria um jogo entre o segundo e o terceiros mais bem classificados no geral para definir o adversário na decisão do título. Por isso, a vitória hoje é tão importante.

ESTILO EUROPEU

O técnico Fernando Diniz só não terá hoje o volante Bruno Silva, suspenso. Allan deve ser titular no duelo com a Cabofriense, time comandado por Valdir Bigode, que tem duas vitórias à frente da equipe da Região dos Lagos.

Principal contratação do Fluminense para a temporada de 2019, o apoiador Paulo Henrique Ganso celebrou o primeiro gol com a camisa tricolor no meio da semana e espera mais. Ele falou sobre o estilo que o técnico Fernando Diniz vem implantando.

Na avaliação de Ganso, poucas equipes fazem isso na Europa, citando Barcelona e Manchester City: "É praticamente o mesmo estilo, guardada as devidas proporções de Europa e Brasil. Mas vamos fazendo nosso melhor e nos adaptando ao estilo de jogo que o Fernando quer".

 

Comentários