Gilberto, lateral do Fluminense, explica motivo de ter utilizado esparadrapo no rosto

Jogador jogou com proteção na bochecha contra a Cabofriense

Por MH

O lateral-direito Gilberto jogou com um esparadrapo no rosto
O lateral-direito Gilberto jogou com um esparadrapo no rosto -

Rio - Uma situação inusitada marcou a vitória do Fluminense sobre a Cabofriense (2 a 0), no domingo (10). O lateral-direito Gilberto entrou em campo com um esparadrapo no rosto, mas o motivo da proteção não era nenhum corte ou lesão: ele quis imitar o jogador de basquete Jayson Tatum, ala do Boston Celtics, que disputa a NBA. Gilberto se acha parecido com o atleta norte-americano.

"Foi uma brincadeira. Os caras estavam me zoando no vestiário que eu parecia o Tatum, dos Celtics, jogador de basquete. Falei que ia jogar com aquilo então (risos)", comentou Gilberto após o jogo.

O ala Jayson Tatum, do Boston Celtics, que disputa a NBA - REPRODUÇÃO INSTAGRAM

O Fluminense treina na manhã desta segunda-feira (11), em preparação para o duelo contra o Boavista, quinta-feira, pela Taça Rio. A equipe de Fernando Diniz lidera o Grupo B, com sete pontos. Domingo, o Tricolor faz o clássico contra o Botafogo.

Galeria de Fotos

O lateral-direito Gilberto jogou com um esparadrapo no rosto LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
O ala Jayson Tatum, do Boston Celtics, que disputa a NBA REPRODUÇÃO INSTAGRAM