Cansaço e desfalques são adversários para o Fla-Flu

Após atuação ruim na Copa do Brasil, meta é recuperar time para semifinal do Carioca

Por O Dia

Cansado pela longa viagem até Lucas do Rio Verde-MT, onde jogou mal e empatou sem gols com o Luverdense, o Fluminense voltou ontem ao Rio de Janeiro trazendo uma difícil missão na bagagem: recuperar o bom futebol a tempo de tentar vencer o Flamengo, amanhã, no Maracanã, e ir à final do Campeonato Carioca. A tarefa não será das mais fáceis. Sem Paulo Henrique Ganso, suspenso, o técnico Fernando Diniz tem pressa para definir o substituto do camisa 10 e, de quebra, recuperar o grupo física e emocionalmente.

"Vira a chave totalmente, agora estamos pensando no Flamengo. É descansar bem o time e preparar para fazer um grande jogo neste sábado", disse o treinador, durante a chegada da delegação ao Rio.

A necessidade de fazer uma boa atuação no clássico diante do Flamengo, que tem a vantagem do empate para ir à final do Estadual, levou o Fluminense a suar a camisa, ontem, antes de deixar Lucas do Rio Verde. Pela manhã, os jogadores que atuaram contra a Luverdense fizeram uma atividade de recuperação física na academia. Já os que não jogaram treinaram com bola no campo.

Outra dúvida de Fernando Diniz para o clássico de amanhã está no meio de campo. Caio Henrique atuou como volante, sua posição de origem, diante da Luverdense e foi bem, após uma sequência de jogos improvisado na lateral-esquerda. Mas, como Mascarenhas se recupera de tendinite no joelho, e Marlon não inspira confiança, pode ser que Caio continue como ala diante do Flamengo.

ÁRBITRO DEFINIDO

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) sorteou, ontem, o árbitro do Fla-Flu de amanhã, no Maracanã: Bruno Arleu de Araújo vai apitar a primeira semifinal do Campeonato Carioca.

Comentários