Nem tudo é terra arrasada no Tricolor

Após eliminação no Carioca, Fluzão vê alguns pontos positivos na temporada

Por MH

O técnico Fernando Diniz faz um bom trabalho à frente do time tricolor
O técnico Fernando Diniz faz um bom trabalho à frente do time tricolor -

O Campeonato Carioca terminou para o Fluminense e algumas lições podem ser tiradas pelo técnico Fernando Diniz para a sequência da temporada. Para um time que encerrou a última rodada do Brasileiro do ano passado com real risco de rebaixamento, este início de 2019 mostrou evolução, num grupo que tenta se consolidar para encarar outras competições.

O Time de Guerreiros não tem nem muito tempo para curar as feridas da eliminação. Afinal, amanhã, já entra em campo para enfrentar o Luverdense, no jogo da volta da terceira fase da Copa do Brasil. No primeiro duelo, em Lucas do Rio Verde (MT), houve empate em 0 a 0. Quem vencer garante a vaga à quarta fase da competição e, se houver um novo empate, a decisão será nos pênaltis. A bola rola às 19h15, no Maracanã.

Apesar da eliminação sábado, no Fla-Flu, o time tricolor sai com mais moral do que quando iniciou o ano. Fernando Diniz, que despertou a desconfiança na chegada, conseguiu implementar um estilo de jogo bem definido. "O Fluminense começou a temporada com um saldo muito positivo. Jogadores muito jovens, que não tinham participado de grandes clássicos, casos de Nino, Allan. É um time que vai ganhando casca", declarou.

O aspecto negativo fica por conta do rendimento muito ruim nos clássicos. Foram sete e apenas uma vitória. De resto, duas derrotas para o Vasco, duas para o Flamengo, e dois empates — diante do próprio Flamengo e do Botafogo.

Comentários