Técnico do Fluminense diz que vai pedir liberação de jovem da Seleção sub-17

Fernando Dinizi entende que tempo com a equipe profissional do Tricolor será melhor que série de treinamentos com a Canarinho e vai solicitar que a CBF ceda o jovem

Por Lance

Fernando Diniz
Fernando Diniz -
Rio - Além de Marcos Paulo e João Pedro, outro jovem jogador começa a chamar atenção no Fluminense. Após entrar contra o Cruzeiro, Miguel Silveira tornou-se o jogador mais jovem a vestir a camisa do Tricolor em nível profissional. O atleta de 16 anos, porém, não participou do jogo contra o Flamengo, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro.


"Miguel está ausente porque foi convocado para uma seleção que é de treinamentos. A gente vai tentar, mais uma vez, a desconvocação do Miguel, porque é apenas um período de treinamentos na Granja Comary. É importante para ele estar aqui, para o desenvolvimento dele. Até para a seleção, acho que é mais importante para o Miguel se ele estivesse aqui, vivendo o dia a dia", afirmou Fernando Diniz, em coletiva.

Miguel foi para a Granja Comary participar dos treinamentos da seleção sub-17 logo após o duelo contra o Cruzeiro. Inicialmente, o Fluminense solicitou junto à CBF a liberação do atleta, o que foi recusado pela instituição. Mesmo com esta tentativa sem sucesso, Fernando Diniz afirma que vai tentar que o atleta seja cedido novamente, visando a partida contra a Chapecoense, na próxima quinta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador entende que o período junto ao time principal do Flu seria melhor do que os treinos com a seleção.

"O Miguel teria a experiência do Fla Flu, como ele viveu o jogo contra o Cruzeiro, quando entrou e fez a jogada do gol. Nesse momento, isso seria mais rico para ele do que os treinamentos que está passando lá. Sendo bom para o Miguel e para a seleção também. Daqui a pouco vai ter convocação oficial e ele vai estar mais pronto para servir a equipe no momento apropriado. A gente vai tentar, mais uma vez, pedir gentilmente que a CBF ceda. A gente sabe das demandas, mas para o Miguel e para a própria CBF, acho que é importante ele estar ser liberado", analisou.

Apesar da pouca idade, Miguel Silveira encantou Fernando Diniz desde os primeiros treinamentos na categoria profissional. Um dos ativos do clube, o atleta assinou seu primeiro contrato profissional na última semana, com uma multa rescisória avaliada em 25 milhões de euros (109 milhões de reais).

"O Miguel recentemente completou 16 anos, tinha nem contrato profissional e todo treino ele fazia uma jogada diferente. Ele estava lá (com o elenco profissional) pela qualidade que possui e o Fluminense, nesse momento, ele está servido com jogadores com qualidades diferentes e idade precoce, o que é bom para o clube, para o futebol brasileiro e a gente espera que eles consigam evoluir com o passar do tempo", comentou Diniz.

Galeria de Fotos

Fernando Diniz Mailson Santana/Fluminense FC
Miguel assinou seu primeiro contrato com o Fluminense Mailson Santana/Fluminense FC