Fluminense decepciona a torcida no Maracanã e perde para o São Paulo

Time de Fernando Diniz leva gol aos 50 minutos do segundo tempo, após marcação do VAR, sofre sétima derrota no Brasileiro e segue na zona de rebaixamento

Por O Dia

Yony González fez o gol do Fluminense, mas a equpe decepcionou a sua galera no fim da partida
Yony González fez o gol do Fluminense, mas a equpe decepcionou a sua galera no fim da partida -

Rio - A empolgante campanha do Fluminense na Copa Sul-Americana contrasta com os resultados decepcionantes no Campeonato Brasileiro. Com outra atuação frustrante diante de sua torcida e direito à falha clamorosa de Muriel no primeiro gol de Reinaldo, o Fluminense perdeu por 2 a 1 para o São Paulo, ontem, no Maracanã, e chegou ao sétimo jogo sem vencer na competição. Yony González ainda empatou para os cariocas, mas Reinaldo, aos 50 minutos, após auxílio do Árbitro de Vídeo, voltou a balançar a rede e manteve o time de Fernando Diniz no Z-4, em 17º lugar.  

Sem Nenê — as diretorias de Fluminense e São Paulo fizeram um acordo e o jogador só será escalado no clássico do segundo turno, sem pagamento de multa —, o Tricolor carioca até tomou a iniciativa e busca do gol. Mas foi bem bloqueado pelo time paulista, que ainda foi à frente e fez 1 a 0 após erro grotesco de Muriel. Aos 20 minutos, Reinaldo chutou da intermediária e o goleiro, mal posicionado, aceitou - a bola bateu em seu braço e entrou.

Abalado com a desvantagem no placar, o Fluminense só foi ameaçar a meta de Tiago Volpi aos 29 minutos, quando o goleiro são-paulino fez boa defesa em finalização de Marcos Paulo. Na sequência, Pedro recebeu livre, mas bateu rente à trave. O lance, ao menos, acendeu a equipe de Fernando Diniz. Gilberto, aos 35, obrigou Volpi a outra boa defesa, mas o empate só veio aos 36. Após bela finalização de Marcos Paulo, na trave, Yony González pegou o rebote e decretou o 1 a 1 na primeira etapa em um duelo equilibrado.

Equilíbrio que foi mantido na segunda etapa, embora o nível técnico da partida tenha caído muito. As chances de gol rarearam e a luta pela posse de bola, mais na base da transpiração do que da inspiração, foi frequente. Com os destaques Ganso, Hernanes e Pato apagados, coube a Yony González mostrar algo parecido com bom futebol aos 29 minutos, em finalização no travessão.

O raro lampejo do Tricolor carioca não foi suficiente para empolgar os 21.741 presentes ao Maracanã, que ainda viram o São Paulo passar a administrar o resultado, satisfeito com o precioso pontinho fora de casa. A vitória, porém, veio aos 50 minutos, em auxílio do Árbitro de Vídeo. Everton cabeceou, a bola bateu na mão de Allan e o VAR viu pênalti. Reinaldo bateu, decretou a sétima derrota do Fluminense no Brasileiro e levou o time do Morumbi ao quarto lugar na tabela.

Comentários