Após voltar a marcar, atacante do Fluminense mostra otimismo: 'jamais deixei de acreditar'

Jogador não evitou eliminação do clube carioca

Por Lance

Pablo Dyego
Pablo Dyego -
Rio - O gol feito por Pablo Dyego não foi o suficiente para classificar o Fluminense para as semifinais da Copa Sul-Americana, porém serviu para renovar o ânimo do atacante dentro do clube. Sem muitas oportunidades na temporada, na qual disputou apenas seis partidas, o jogador se via encostado no elenco. A situação piora, tendo em vista que o contrato dele se encerra no fim do ano e até o momento, não foi procurado pela diretoria. Agora com o gol, Pablo Dyego espera mudar esse panorama.

"Eu entrei para fazer o meu trabalho. Durante esse tempo todo, minha perseverança foi testada e eu jamais deixei de acreditar no meu potencial. Sempre que tiver a oportunidade eu vou estar à disposição e preparado".

Ao marcar de cabeça para o Fluminense, Pablo Dyego empatou o jogo e colocou o Tricolor em condição de conseguir vencer a partida. Entretanto a demora para validar o gol, acabou esfriando o ímpeto do time, beneficiando o Corinthians.

"Demorou muito. Quebrou a adrenalina. Se decidisse um pouco mais rápido, a gente abafaria o Corinthians de uma maneira que eles nem entenderiam. A demora quebrou o clima. Agora é virar a chave, pensar no Brasileiro e tirar o time dessa situação. O Fluminense não merece passar por isso", disse Pablo Dyego.

Eliminado da Copa Sul-Americana, resta ao Fluminense apenas o Campeonato Brasileiro. O objetivo é claro, porém complicado, que é livrar o Tricolor da zona de rebaixamento. Para Pablo Dyego, o caminho vai ser árduo e tem que ser percorrido por etapas.

"Acho que tem que ser dado um passo de cada vez. O quanto mais rápido a gente saia da zona de rebaixamento, melhor, porque deixando para o final, fica mais difícil. Temos que reagir agora, sem deixar para depois. É passo a passo, não adianta falar que vamos chegar lá em cima, na Libertadores. Vamos nos preocupar em tirar o time dessa situação, pensando no dia a dia, trabalhando bastante. O elenco é muito trabalhador e a gente não merece estar nessa situação. A gente vai lutar para reverter isso".

Na próxima segunda-feira, o Fluminense enfrenta o Avaí, no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor está na antepenúltima posição, com 12 pontos, mas tem um jogo a menos. Já o time catarinense é o lanterna, com apenas 7 pontos e nenhuma vitória na competição.

Comentários