Marcão defende bandeira racial entre os técnicos: 'É uma causa importante'

Treinador foi efetivado pelo Fluminense há quase uma semana

Por O Dia

Marcão
Marcão -
Rio - Desde que Oswaldo de Oliveira foi demitido, Marcão está a frente do comando do Fluminense. Na sexta-feira passada, deixou o cargo de interino para se tornar treinador efetivado do clube carioca. Vindo de duas vitórias seguidas, o comandante tricolor está feliz com o momento vivido, no entanto, se preocupa com a representatividade do negros no cargo de técnico de futebol. Atualmente, ele e Roger Machado, do Bahia, são os técnicos negros que estão na Série A do Campeonato Brasileiro.
"A gente tem pessoas próximas, amigos, que abraçaram a causa. Eles estão felizes, mandaram mensagem. "Marcão, é bom te ver aí, você está representando a classe". Eu fico muito feliz por isso, eu estou representando uma classe muito forte, muito unida. Eu vejo o Roger, vi o Cristóvão, o Jair. Hoje é sempre muito positivo ver o Marcão representando, e amanhã vai ter mais dois, depois mais dois. E eu vou puxar, vou chamar nossa classe, chamar eles para perto. É uma causa importante. Não tenho dúvida nenhuma que, daqui a pouco, o Jair está aí de novo, o Cristóvão. São pessoas que representam", comentou em entrevista para o "Globoesporte.com".
Na partida desta quarta-feira contra o Cruzeiro, Marcão vai em busca de sua terceira vitória seguida, e se distanciar da zona de rebaixamento. Com o placar positivo, clube carioca pode chegar a 28 pontos e entrar na zona de classificação da Sul-Americana.

Comentários