Sem dificuldades, Fluminense passa pelo Botafogo-PB e avança na Copa do Brasil

Tricolor cria inúmeras chances no jogo e vence por 2 a 0 no Maracanã. Próximo adversário será o Figueirense

Por HUGO PERRUSO

De pênalti, Nenê marca e decreta os 2 a 0 para o Fluminense, que está na terceira fase da Copa do Brasil
De pênalti, Nenê marca e decreta os 2 a 0 para o Fluminense, que está na terceira fase da Copa do Brasil -
Rio - Com um novo meio de campo, um Fluminense mais dinâmico venceu com autoridade o Botafogo-PB por 2 a 0, gols de Marcos Paulo e Nenê, no Maracanã, e se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil, contra o Figueirense. Apesar de alguns erros por falta de atenção e capricho, a atuação tricolor foi animadora após uma sequência ruim e dá esperança aos torcedores por dias melhores.
Em que pese a fragilidade do adversário, o Fluminense, com Hudson e Yago como novidades no meio, teve postura mais agressiva e conseguiu ter mais volume. De negativo, alguns erros defensivos que deram sustos.
Na primeira etapa, Gilberto mandou uma bola na trave, Evanilson cabeceou rente à trave e Wellington Silva e Digão pararam no goleiro Samuel. Faltava caprichar mais. Mas nos 15 minutos finais, diante de um Botafogo-PB bem fechado e que pouco atacou — Cássio Gabriel quase marcou em belo chute —, o Tricolor perdeu a organização e passou a errar muito, irritando a torcida, que vaiou.
Com a necessidade da vitória para a decisão não ir para os pênaltis, o Fluminense voltou com tudo para a segunda etapa. E a pressão deu certo: Marcos Paulo abriu o placar aos seis, em bom cruzamento rasteiro de Gilberto e corta-luz de Evanilson. Antes, o lateral obrigara Samuel a fazer grande defesa.
Sem pressão, o Fluminense seguiu no ataque e Marcos Paulo mandou outra bola na trave. Apesar de assustado, o Botafogo-PB poderia ter empatado quando Dico passou Muriel, mas chutou em cima de Nino. Passado o susto, o Tricolor ampliou com Nenê, em pênalti discutível, aos 26. E só não fez o terceiro porque perdeu inúmeras chances e Evanilson teve gol mal anulado num impedimento inexistente marcado pela péssima arbitragem do jogo.

Galeria de Fotos

De pênalti, Nenê marca e decreta os 2 a 0 para o Fluminense, que está na terceira fase da Copa do Brasil Reginaldo Pimenta
Nenê fez de pênalti o segundo gol do Fluminense sobre o Botafogo-PB Reginaldo Pimenta / Agencia O Dia

Comentários