Lateral cobra quantia milionária do Fluminense na Justiça, mas audiência é adiada devido a Covid-19

Jogador atuou pelo clube em 2017

Por O Dia

Lucas
Lucas -
Rio - O Fluminense segue sendo acionado por jogadores na Justiça. Depois de Aquino e Julio César, desta vez foi a vez do lateral-direito Lucas mover uma ação contra o ex-clube. O atleta que defendeu a equipe tricolor em 2017 pede mais de R$ 1,5 milhão de 13º salário, férias, direitos de imagem, não recolhimento de FGTS, entre outros itens, além de multas. As informações foram divulgadas pelo "Globo Esporte".
Lucas, que está atualmente no Figueirense, moveu o processo em dezembro no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro. Desta forma, uma audiência entre clube, jogador e seu advogado, Luiz Gustavo de Menezes Ribeiro, foi marcada para o dia 25 de março.
No entanto, por conta da pandemia do novo coronavírus, o encontro foi adiado por tempo indeterminado. 

Comentários